Bahia

Sesab desmente prefeitura de Guanambi sobre novas mortes por dengue na cidade

 

Após a Secretaria de Saúde de Guanambi, no Sudoeste baiano, emitir um comunicado na sexta-feira (29) informando o registro de dois óbitos de pacientes vítimas de dengue, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) desmentiu a informação dada pela gestão municipal.

De acordo com a Sesab, as duas mortes indicadas pela Prefeitura de Guanambi “ainda não têm confirmação pela Câmara Técnica Estadual, que avalia todos os óbitos suspeitos de Dengue”. A pasta informou, por meio de nota, que 23 óbitos por dengue foram confirmados em 2024, na Bahia, até a última sexta-feira (29), sendo o último no município de Carinhanha, que fica na região do Vale do São Francisco.

O detalhe é que na nota da gestão municipal, foi informado que em ambos os casos o resultado reagente para dengue foi confirmado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) de Guanambi, que é gerido pela própria Sesab. Ainda de acordo com a pasta estadual, até o momento, a Bahia contabiliza 92.903 casos prováveis de Dengue, sendo que a região Sudoeste concentra 37.892 casos. Guanambi é a 15ª cidade com maior número de casos da doença, registrando 932 notificações. Até este sábado, 285 municípios estão em epidemia, 45 em risco e 12 em alerta.

VÍTIMAS EM GUANAMBI

De acordo com a prefeitura de Guanambi, houve dois casos recentes na cidade. A primeira é um adolescente de 17 anos e portador de comorbidade. O jovem estava internado na Unacon de Caetité desde a última quarta (27), transferido da UPA de Guanambi.  Naquela unidade realizou coleta de sangue para sorologia de dengue no mesmo dia, indo a óbito na quinta (28).

A segunda é uma paciente que tinha 30 anos, portadora de comorbidade. Estava internada no Hospital Geral de Guanambi (HGG), desde o dia 22 de março. Ela realizou coleta de sangue para sorologia de dengue na quarta e veio a óbito no dia seguinte.

Fonte Bahia noticia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo