Brasil

Dia Nacional da Adoção: TJ-BA lança campanha e promove jogo entre atletas baianos e crianças em situação de acolhimento

 

“Filhos são eternos bebês”. Esse é o lema da campanha a ser lançada na Arena Santiago, às 9h30, no bairro de Brotas, em Salvador, no próximo dia 25 – Dia Nacional da Adoção. O termo, que envolve crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos de idade, visa sensibilizar a sociedade para a adoção tardia. Essa é uma iniciativa do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), por meio da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), com apoio do Ministério Público da Bahia (MP-BA); e da Propeg – Agência de Comunicação.

A apresentação das peças publicitárias será conduzida pelo presidente da Propeg Fernando Barros e contará com as presenças do presidente do TJ-BA, desembargador Nilson Soares Castelo Branco; do coordenador da CIJ, desembargador Salomão Resedá; de desembargadores e juízes com competência Infanto Juvenil, além de colaboradores e a imprensa baiana.

No lançamento, será exibido um vídeo alusivo ao tema, com depoimentos de crianças e adolescentes e informações sobre como adotar. O evento contará com uma palestra ministrada pelo juiz titular da 4ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso de Salvador, Sérgio Luiz Ribeiro de Souza. Todos participarão de um momento lúdico: uma partida de futebol entre atletas baianos e crianças aptas à adoção.

A adoção tardia envolve além de crianças com idade avançada; grupos de irmãos e/ou com necessidades específicas de saúde ou deficiências. De acordo com o coordenador da CIJ, desembargador Salomão Resedá, elas (as crianças) “aguardam a oportunidade de deixar os abrigos, saindo da sombra da carência da convivência familiar, para a luz acolhedora de uma família, onde poderão desenvolver seus potenciais em plenitude”.

Em 2022, das 82 crianças adotadas no estado da Bahia, 50 tinham até 6 anos de idade e apenas 32 possuíam idade superior. Neste ano, a preferência por crianças com menos de seis anos tem se mantido. De janeiro à meados deste mês, das 41 sentenças de adoção proferidas, apenas 10 foram de crianças com idade superior a 6 anos. Os dados do Sistema Nacional de Adoção (SNA) revelam que os pretendentes, em sua maioria, preferem crianças com até 6 anos de idade.

A Campanha “Filhos são eternos bebês”, nesse sentido, incentiva o acolhimento de crianças em idade superior a 6 anos e as vantagens desse tipo de adoção: menos tempo na fila de espera; o juvenil participa do processo, pois ela adota os pais; além da possibilidade de ambos viverem um amor incomparável.

Em sintonia com a mobilização do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a CIJ do TJ-BA distribuiu lacinhos de cor roxa, que serão usados pelos magistrados e servidores do Tribunal Baiano, durante o período de 14 a 31 de maio – Semana de Adoção.

Quem desejar usar o lacinho pode pegar na sala da CIJ – 305 F – Anexo I, sede do TJBA, situada no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Além disso, alguns monumentos e imóveis de Salvador e do interior do Estado, terão suas fachadas iluminados com a cor roxa, com o objetivo de alertar a sociedade para a importância da adoção, especialmente de crianças e adolescentes com menos chances de serem adotadas.

Roxo é a cor da TAG que aparece no SNA, a cada processo de adoção finalizado. E é o tom que iluminará prédios, equipamentos turísticos e públicos da capital baiana durante essa semana especial.

Fonte: Politica livre

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo