Bahia

Verba federal vai bancar shows do São João do Gurutuba

Em meio à polêmica levantada após o cantor Zé Neto, dupla com Cristiano, sobre Lei Ruanet e uma tatuagem íntima da cantora Anitta, prefeituras e sertanejos de todo o país entraram na mira da imprensa e do Ministério Público.

Prefeituras começam a receber nesta quarta-feira (1º) recursos indicados por deputados e senadores, que somam R$ 3,2 bilhões. O dinheiro, liberado sem previsão de como deve ser usado, poderá bancar shows de artistas e até compras de bens públicos, como caminhões de lixo, em ano eleitoral.

Em Guanambi, na região sudoeste da Bahia, uma emenda parlamentar indicada pelo deputado federal Arthur Maia (União), atual presidente da Comissão de Constituição e Justiça, (CCJ), vai bancar o custo de R$ 1 milhão para a realização do São João do Gurutuba.

Deste valor, R$ 780 mil serão destinados ao pagamento de cachês das atrações do evento, marcado para acontecer de 14 a 19 de junho. O cantor Amado Batista e a banda Calcinha Preta receberão os maiores valores, R$ 190 mil cada, segundo publicações no Diário Oficial do Município.

Os sertanejos João Bosco e Vinicius receberão R$ 150 mil. A Prefeitura de Guanambi enviou um projeto de lei para a Câmara Municipal pedindo a abertura de crédito suplementar para a alocações dos recursos das emendas. Além dos cachês dos artistas, a previsão do gasto de R$ 112 mil para materiais de consumo e R$ 108 mil para contratação de pessoas.

As informações foram divulgadas pelo jornal Estado de S.Paulo. É a primeira vez que municípios têm acesso ao dinheiro durante uma eleição geral, o que pode render publicidade para os políticos. Ainda de acordo com a reportagem, o mecanismo de repasse de emendas foi revelado pelo Estadão. Conhecido como “Pix orçamentário” ou “cheque em branco”, o recurso cai na conta dos municípios e não é passível de fiscalização por órgãos de controle.

A reportagem do Folha do Vale entrou em contato com a assessoria do deputado Arthur Maia, mas até a publicação da matéria não se pronunciou sobre o repasse da emenda feita para a realização do São João do Gurutuba. O espaço fica aberto para os devidos esclarecimentos.

Fonte:. Folha do Vale

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo