Sul da Bahia recebeu só 2,1% de verba federal para prevenir desastres

Sul da Bahia recebeu só 2,1% de verba federal para prevenir desastres

A região do Sul da Bahia, que tem sofrido com as fortes chuvas registradas nas últimas semanas, recebeu apenas 2,1% das verbas federais para prevenção de desastres. As cidades que sofrem com as chuvas foram o destino de R$ 15,4 milhões desses recursos, de um total de R$ 722 milhões em todo o país. A Bahia obteve ao todo R$ 156,9 milhões.
De acordo com um levantamento feito pelo Portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, pelo menos 72 municípios do sul baiano estão em estado de alerta por causa das fortes chuvas, que até o momento mataram 20 pessoas e deixaram mais de 20 mil sem casa. Ao todo, 130 cidades do estado nordestino foram o destino de recursos para prevenir, combater e mitigar desastres. A que mais recebeu foi Salvador, com R$ 76,2 milhões, ou 48,6% de tudo que foi destinado à Bahia.

Em 11 de dezembro, antes de sair de férias, Jair Bolsonaro sobrevoou a região. O presidente aproveitou a tragédia para acusar, sem provas, o governo do estado de obrigar “o povo a ficar dentro de casa”. Crítico da vacinação contra a Covid, Bolsonaro atacou medidas sanitárias para conter o vírus desde o início da pandemia. Costa rebateu o presidente dizendo que não tinha tempo “para politicagem barata”.

Para a consulta, a coluna considerou quatro programas orçamentários diferentes relacionados a desastres naturais. A consulta foi feita no Siga Brasil, plataforma do Senado que extrai dados do sistema de administração financeira do governo federal, o Siafi.

Fonte: Bahia Noticia / Foto: Reprodução / Prefeitura de Ibicuí

Artigos relacionados