Senado aprova ações de prevenção ao suicídio entre profissionais de segurança

Senado aprova ações de prevenção ao suicídio entre profissionais de segurança

O Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública, o Pró-Vida, deve ter ações específicas para tratamento de doenças mentais e prevenção do suicídio. É o que prevê a proposta do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), aprovada pelo Plenário do Senado nesta terça-feira (6). A proposição segue para o exame da Câmara dos Deputados.
O Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública, o Pró-Vida, deve ter ações específicas para tratamento de doenças mentais e prevenção ao suicídio. É o que prevê a proposta do senador e ex-delegado da Polícia Civil, Alessandro Vieira, do Cidadania de Sergipe. O projeto estabelece a publicação anual de dados sobre transtornos mentais e suicídio entre esses profissionais. O Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020 apontou que houve 93 suicídios de policiais civis e militares em 2018 e 91 em 2019. A taxa foi de 17,4 por 100 mil policiais, quase o triplo da verificada entre a população em geral. Esse levantamento revela, inclusive, que o número de policiais vítimas de suicídio é superior ao de policiais assassinados. O relator, Jorge Kajuru, do Cidadania de Goiás, destaca a importância da iniciativa e aponta os motivos pelos quais os números estão aumentando de forma significativa.

(Jorge Kajuru) De fatores como, por exemplo, vulnerabilidades pessoais, situações de estresse no trabalho, convívio permanente com a morte e a violência, extenuantes jornadas de trabalho, falta de sono, de lazer e de convívio com a família, depressão, estresse pós-traumático e fácil acesso a armas de fogo.

(REP): O senador Alessandro Vieira, afirma que os profissionais de segurança pública precisam ser valorizados e cuidados.

(Alessandro Vieira) Nós temos que dar mais atenção para os profissionais de segurança pública. O nível de stress dos trabalhadores da segurança, trabalho pouco reconhecido na sociedade brasileira e que resulta numa pressão que gera toda essa situação triste de casos de suicídio que se reiteram.

Fonte: www12.senado.leg

Artigos relacionados