Brasil

Senado aprova a criação da Semana da Educação Olímpica e Paralímpica

 

O Plenário aprovou nesta terça-feira (28), em votação simbólica, o projeto de lei que inclui no calendário escolar das instituições públicas a Semana da Educação Olímpica e Paralímpica. O PL 5.015/2019 retorna à apreciação da Câmara dos Deputados.

O projeto foi aprovado com a emenda do relator, senador Confúcio Moura (MDB-RO), estabelecendo que a semana comemorativa tenha por referência a data de 23 de junho: Dia Olímpico Internacional. A Semana será realizada anualmente, em período a ser determinado pelo estabelecimento escolar ou respectivo sistema de ensino.

O texto incluiu ainda adequação redacional proposta pela senadora Mara Gabrilli (PSD-SP) e pelo senador Flávio Arns (PSB-PR). O objetivo foi contemplar as pessoas com deficiência, com a inclusão do termo “paralímpica” na proposição (PL 4.129/2012, na origem).

De autoria do ex-deputado federal João Arruda, o projeto estabelece que a semana comemorativa terá caráter multicultural e deverá ser desenvolvida interdisciplinarmente em cada unidade de ensino, de acordo com o projeto pedagógico.

Na justificativa do projeto, os autores lembram o princípio 1 da Carta Olímpica, conjunto de regras e guias para a organização dos Jogos Olímpicos. O princípio “reforça a tese de que associando o esporte com a cultura, a educação, e promoção da saúde e o meio ambiente, o olimpismo estimula o desenvolvimento de um estilo de vida calcado na alegria do esforço, no valor educativo do bom exemplo e no respeito aos princípios fundamentais universais”.

O relator, Confúcio Moura, votou pela aprovação da matéria. Para ele, “é inegável que a escola apresenta ambiente ideal para a promoção do olimpismo”. O projeto havia sido aprovado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), em fevereiro de 2020.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo