Rui Costa prega cautela para liberar grandes festas e condena desobrigação do uso de máscaras

Rui Costa prega cautela para liberar grandes festas e condena desobrigação do uso de máscaras

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse que vai manter a cautela quanto à liberação de grandes festas no Estado, tendo em vista que há 45 dias os números da Covid-19 não registram queda. “Não posso tomar essa iniciativa se há 45 dias os números não caem, a Europa está enfrentando um novo surto. Repito, cautela e paciência. Sei que está todo mundo ansioso e angustiado, mas não anunciarei medidas que não tenham segurança. Chega de viver o que vimos em março deste ano. Não vou me arriscar se os números me sinalizaram o contrário”, declarou. O governador ainda criticou a atitude de gestores que desobrigam o uso de máscara por excesso de confiança. “Isso aumenta a contaminação, ao invés de diminuir”, acrescentou. Brumado foi a primeira cidade da Bahia a desobrigar o uso do equipamento de biossegurança contra o novo coronavírus

Fonte: Achei Sudoeste

Artigos relacionados