Rui anuncia que cumprirá lei do novo piso salarial de professores com reajuste de 33,2%

O governador Rui Costa (PT) anunciou nesta segunda-feira (7) que enviará um projeto de lei à Assembleia Legislativa da Bahia que faz a adequação dos salários dos professores da rede estadual de ensino ao novo valor do Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica que teve reajuste de 33,2 %, sancionado na sexta-feira (4) pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). O piso da categoria para 2022 será de R$ 3.845,63

“Cumprimos todas as leis, inclusive a lei do piso, e vamos continuar cumprindo. Hoje estamos enviando um projeto de lei, inclusive adequando a estrutura salarial, para mais uma vez manter o que sempre fizemos de cumprimento da lei do piso da nossa rede. Já tínhamos feito uma evolução que já tinha chegado a 17% para alguns salários ou alguns salários da rede; vamos fazer agora a segunda para fazer essa adequação – ainda hoje a gente envia”, disse o governador Rui Costa, durante aula inaugural da rede estadual de ensino, no Instituto Anísio Teixeira.

O governador lembrou sua origem como sindicalistas e pontuou que o trabalhador nunca considera ideal o salário que recebe. “Fui sindicalista e salário nunca é o ideal. Quem ganha o teto salarial do servidor público brasileiro toda hora quer receber auxílio moradia, auxílio disso, mesmo recebendo 40 mil de salário e acha que é pouco. A natureza humana é assim”, comentou o petista.

Assinatura

Durante a sanção da novo piso salarial, o presidente Jair Bolsonaro relatou que poderia conceder o reajuste mínimo de 7% e o máximo de 33,24% e, em conversa com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, decidiu pelo maior percentual. “Discutimos a questão desse reajuste para os professores da educação básica. Havia, sim, muitos pedidos de chefes de executivo estaduais e municipais querendo 7%. Conversei com o Milton [Ribeiro]. O dinheiro de quem é? Quem repassa esse dinheiro para eles? Somos nós, Governo Federal”, disse Bolsonaro, na sexta-feira (4).

Politica Livre

Artigos relacionados