Brasil

Proposta exige que cartão de vacinação tenha informações sobre sintomas do autismo

O Projeto de Lei 5104/20 torna obrigatório incluir em carteiras e cadernetas de vacinação, em formato impresso ou digital, informações relacionadas aos principais sintomas do Transtorno do Espectro Autista (TEA). Caberá, conforme a proposta, ao Poder Executivo definir quais sintomas deverão ser descritos. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

“O objetivo é ampliar o acesso a informações sobre o Transtorno do Espectro Autista, facilitando a identificação  e o diagnóstico precoce de comportamentos autísticos”, diz o autor, deputado Guiga Peixoto (PSL-SP).

Ele ressalta que a identificação, o diagnostico precoce e a rápida intervenção são ações fundamentais para aumentar as chances de a pessoa com TEA conseguir desenvolver melhor as habilidades cognitivas.

“Estudos apontam que o tratamento prévio e intenso, por coincidir com o momento de desenvolvimento em que o cérebro é altamente plástico e maleável, tem potencial para frear a manifestação completa do TEA”, completa o autor.

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Marcelo Oliveira

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Para cima