Bahia

Pedro Cardoso diz que Ibiassucê e Caetité pegam material médico emprestado e não devolvem. Prefeito pediu desculpas

O prefeito de Lagoa Real Pedro Cardoso Castro, em pronunciamento feito na manhã da última sexta-feira(14/08), a profissionais de saúde e população em geral, criou uma saia justa entre sua cidade e outras duas da região. Cardoso declarou que as cidades de Caetité e Ibiassucê tem o costume de pegar kit,s cirúrgicos e não devolverem ou pagarem.
“Kit cirúrgico. As vezes em Caetité não tem um kit cirúrgico. Manda tomar emprestado, só que não paga. E depois no outro dia está tomando novamente. Ibiassucê é craque para isso. Pegando coisa aqui da gente que é município pobre.” Disse Pedro Cardoso no vídeo que circula nas redes sociais.

Após a grande repercussão negativa, o prefeito veio as redes sociais pedir desculpa afirmando que a expressão usada não foi bem interpretada e não condiz com a realidade. Segundo a nota, a prefeitura de Lagoa Real pactua com as cidades vizinhas, como Caetité e Ibiassucê, e não sendo do perfil do prefeito referir-se ás cidades de forma desrespeitosa, pois sempre foi grato por está forte parceria.
Pedro finalizou dizendo que é humano e consciente, e pede sincero e humilde pedido de desculpas.

A prefeitura de Ibiassucê, também emitiu nota comentando o assunto e defendeu a atuação da cidade na área de saúde e que nunca pegou qualquer tipo de kit emprestado junto a Lagoa Real. A prefeitura de Caetité não quis comentar o assunto.

FOnte: Radar 030

Para cima