Bahia

Paramirim: Ex-prefeito é suspeito de usar dados de moradores para pagamentos milionários

Em um total de R$ 10,4 milhões, 11.914 registros de pagamentos. Esta é a conta que o ex-prefeito de Paramirim e candidato ao Executivo Municipal, Júlio Bernardo Brito Vieira Bittencourt (PSD), conhecido como Dr. Júlio, vai precisar fechar diante do Ministério Público Estadual (MPE) quando for questionado sobre remunerações supostamente pagas a moradores da cidade, entre 2013 e 2016, durante a sua gestão. De acordo com o Bocão News, nos últimos dias, veio à tona a informação de que parte da população de Paramirim teve dados pessoais utilizados pelo ex-prefeito incluídos em planilhas de pagamentos por serviços que nunca foram prestados à prefeitura. Denúncias de moradores cujos CPF’s aparecem em listas de pagamentos levaram o MP baiano a abrir investigação sobre um suposto esquema de desvio de recursos públicos. O ex-prefeito divulgou vídeo em que diz ter tido todas as contas aprovadas pelo TCM e classificou as denúncias como “perseguição política”. “É um absurdo! Isso são inverdades. Quiseram tumultuar a convenção partidária hoje, pois o gestor atual está pontuando pessimamente e, entre outras providências, tentou publicar isso [denúncia] nas redes sociais. Se há esse tipo de situação, as autoridades devem apurar, o Ministério Público deve apurar. Estou com a consciência tranquila”, destacou.

Fonte: Achei Sudoeste

Para cima