Brasil

Pacientes imunocomprometidos terão novas opções de tratamento pelo SUS

Os pacientes imunocomprometidos e com infecções fúngicas terão novos medicamentos incorporados no Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento, segundo o Ministério da Saúde.

As novas tecnologias (Anidulafungina, Voriconazol e Isavuconazol), avaliadas e recomendadas pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), serão disponibilizadas nos próximos meses na rede pública.
De acordo com a pasta, os pacientes imunocomprometidos são aqueles cujos mecanismos de defesa (sistema imunológico) estão comprometidos. É comum em pacientes oncológicos, soropositivos ou transplantados. Grupo considerado extremamente de risco são os pacientes com transplante recente de medula óssea.
Já os fungos são um dos quatro grupos de organismos infecciosos, que incluem bactérias, vírus e parasitas. Infecções por fungos são as invasões dos tecidos por uma ou mais espécies e variam de superficiais, da pele, até mais profundas, de órgãos e do sangue (septicemia) ou doenças sistêmicas.

Fonte: Bahia Noticia / Foto:Freepik

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo