Pacientes enfrentam dificuldades para conseguir vagas em hospitais através da regulação na Bahia

Pacientes enfrentam dificuldades para conseguir vagas em hospitais através da regulação na Bahia

Pacientes do sistema público de saúde da Bahia têm relatado dificuldades para conseguir transferências para hospitais do estado.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), o tempo médio de espera na regulação é de até 72 horas, mas segundo a pasta, esse tempo pode ser maior pela falta de recursos, e ausência de médicos especialistas.

A cirurgia cardíaca pediátrica, por exemplo, só é realizada em quatro hospitais do estado. Três em Salvador e um em Feira de Santana. Em casos de doenças hemato-oncológicas, apenas três hospitais em Salvador realizam o tratamento.

A situação de alguns pacientes pode ser ainda pior.

O drama fica pior quando se trata de pacientes que residem em cidades de menor porte, podendo ficar por dias a espera de uma transferência.

Por Caetano Augusto/ Sertãoemdia

Artigos relacionados