Mais quatro países suspendem compras de carne do Brasil após caso de vaca louca

Mais quatro países suspendem compras de carne do Brasil após caso de vaca louca

Os dois casos atípicos de mal da vaca louca registrados em Minas Gerais e Mato Grosso e confirmados pelo Ministério da Agricultura no início deste mês geraram a suspensão das exportações de carne bovina para pelo menos seis países, segundo levantamento feito pelo setor, ao qual Globo Rural teve acesso.
As informações, não divulgadas oficialmente, apontam bloqueios nos embarques para Rússia, Indonésia, Irã e Egito – além de China e Arábia Saudita, já confirmados pelo governo brasileiro.
Procurados, o Ministério da Agricultura e a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) ainda não se manifestaram sobre a lista de bloqueios.
Ambos foram consultados pela reportagem após a confirmação da doença e, mais recentemente, quando foi noticiado o bloqueio saudita. Em nenhum desses contatos, as instituições relataram problemas com os demais países.
Segundo o documento, as suspensões entraram em vigor entre os dias 4 (Irã) e 15 de setembro (Rússia) e abrangem todos os frigoríficos de Minas Gerais e Mato Grosso, sendo a única exceção a Arábia Saudita, que suspendeu apenas cinco frigoríficos mineiros.

Ainda de acordo com o documento, os sauditas teriam encerrado o bloqueio na quarta-feira (15/9). O Ministério da Agricultura, contudo, nega. Juntos, os seis países responderam por 57,3% das exportações brasileiras de carne bovina em 2020.

Fonte: revistagloborural.globo

Artigos relacionados