Maioria é contra exigência de prescrição para vacinar crianças, diz secretária

Maioria é contra exigência de prescrição para vacinar crianças, diz secretária

A secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Rosana Leite de Melo, disse nesta terça-feira (04), durante audiência pública sobre a vacinação contra Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos, que a maioria dos participantes da consulta pública é contrária à obrigatoriedade de prescrição médica para imunização desse público.
“Tivemos 99.309 pessoas que participaram neste curto intervalo de tempo cujo documento esteve para consulta pública. Sendo que a maioria se mostrou concordante com a não compulsoriedade da vacinação e a priorização das crianças com comorbidades. A maioria foi contra a obrigatoriedade de prescrição médica no ato de vacinação”, disse a secretária.
Após a aprovação do imunizante da Pfizer pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em dezembro, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o governo vacinaria as crianças apenas mediante prescrição médica.

A consulta pública para debate sobre o tema foi disponibilizada pelo Ministério da Saúde, no período de 23 de dezembro de 2021 a 02 de janeiro de 2022. A Anvisa autorizou o uso da vacina da Pfizer para crianças no dia 16 de dezembro.

Fonte: bahia Noticia

Artigos relacionados