Indignado com impugnação que o “expôs”, desembargador vai lutar até o fim para concorrer

Indignado com impugnação que o “expôs”, desembargador vai lutar até o fim para concorrer

Considerado um dos figurões, apesar de sua discrição, no Tribunal de Justiça da Bahia, o desembargador Salomão Resedá promete troco para a tentativa de impugnação de sua candidatura ao cargo de Corregedor Geral do TJ nas eleições para a renovação da mesa diretora do órgão no próximo dia 17.

Além de surpreso, o magistrado teria ficado indignado com o fato de ter sido exposto pela justificativa apresentada para a tentativa de tirá-lo do páreo: a alegação de que seu pedido de inscrição eleitoral fora feito um dia após o final do prazo estabelecido pela Corte.

Segundo um juiz próximo a Resedá que conversou com este Política Livre, o desembargador argumenta que tem uma vida sem manchas e, como magistrado, não ficou bem ter aparecido como alguém que descumpre a lei. Por isso, Resedá vai lutar até o fim para ter assegurado o direito de concorrer.

Política Livre

Artigos relacionados