Brasil

IGP-10 varia 0,05% em março e 0,12% no ano

 

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) continuou registrando variações mais baixas, a exemplo de janeiro e fevereiro. O indicador do FGV Ibre variu 0,05% no mês. Em 2023, a taxa acumula alta de 0,12% e varia 1,12% no intervalo de 12 meses. Um dos componentes do IGP-10, o O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) caiu 0,07% em março.

“A principal contribuição para a taxa negativa (no IPA) partiu dos produtos industriais (de 0,10% para -0,32%), sob influência de produtos derivados de petróleo e biocombustíveis (de -1,07% para -2,33%), produtos alimentícios (de -0,89% para -1,24%) e produtos químicos (-1,58% para -1,69%)”, afirmou o coordenador dos Índices de Preços, André Braz.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou 0,47% em março. Quatro dos oito grupos de despesa componentes do índice registraram taxas menores: educação, leitura e recreação (1,51% para -1,04%), despesas diversas (1,77% para 0,18%), alimentação (0,23% para 0,00%) e comunicação (0,99% para 0,52%). Em contrapartida, os grupos transportes (0,52% para 1,24%), habitação (0,32% para 0,81%), saúde e cuidados pessoais (0,45% para 0,87%) e vestuário (-0,30% para 0,25%) empurraram o IGP-10 para cima. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 0,12% em março.

Fonte: Bahia.ba

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo