Bahia

Guanambi: médico é acusado de assédio moral e sexual contra operador

 

Um médico foi denunciado por assédio moral e sexual em Guanambi, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano. O profissional suspeito atua no Samu do município e teria cometido os supostos crimes contra um operador do mesmo serviço.

A denúncia relata que os casos ocorreram entre março e maio do ano passado, dentro da sede do Samu local. Até esta terça-feira (2), a prefeitura de Guanambi não se pronunciou sobre o caso.

Em maio de 2022, o diretor do serviço em Guanambi, Nilvan Patez da Silva, abriu um processo administrativo interno e solicitou o afastamento do médico. Um ofício foi enviado para a secretaria de saúde do município, Nancy Ferraz da Silveira, que determinou a abertura de sindicância para apurar o caso.

No decorrer do caso, Nilvan Patez, que foi exonerado do cargo, registrou boletim de ocorrência, junto com o operador de rádio do Samu 192, na delegacia de Guanambi. O caso também foi registrado no Conselho Regional de Medicina (Cremeb) da Bahia.

 

Achei Sudoeste

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo