Confiança do comércio reverte tendência e volta a cair em fevereiro

Confiança do comércio reverte tendência e volta a cair em fevereiro

Depois de abrir o ano em alta, a confiança do varejo reverteu a tendência em fevereio. Neste mês, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) caiu 1,2%, praticamente anulando a alta de 1,4% de janeiro. Ainda assim, permanece na zona de satisfação (119,3 pontos). O indicador é apurado pela Confederação Nacional do Comércio.

O destaque negativo em fevereiro foi o componente Expectativa do Empresário , que teve redução mensal de 1,6%, puxado especialmente pelo item Empresa (-1,9%). A menor retração, de 0,9%, foi registrada em intenções de investimento. A última vez que o Icec apresentou esse nível de pessimismo foi em abril de 2021, quando foi para 95,7 pontos (queda de 6,4%).

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, explica que a inflação está vinculada ao desânimo dos comerciantes em fevereiro. “Os resultados refletem as condições operacionais que envolvem as atividades comerciais. Com a energia elétrica e os combustíveis mais caros, os preços no atacado pressionando a formação de preços ao consumidor, os juros ascendentes e o consumo ainda morno, o empresariado demonstra receio”, avalia.

Fonte: Bahia.ba

Artigos relacionados