Brasil

Com reajuste salarial, MEI passará a pagar mais ao INSS

O recolhimento da contribuição do INSS sofrerá um aumento de R$ 0,90, mudando de R$ 65,10 para R$ 66

 

O reajuste do salário mínimo para R$ 1.320 vai gerar aumento do valor de contribuição à Previdência Social (INSS) obrigatória para trabalhadores participantes do sistema microempreendedor individual (MEI).

Para os MEIs, o recolhimento da contribuição do INSS sofrerá um aumento de R$ 0,90, mudando de R$ 65,10 para R$ 66.

O novo valor do mínimo, anunciado no último domingo (30), pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), passou a valer logo após a publicação da Medida Provisória, que ocorreu em dia 1º de maio.

O reajuste passará a ser recolhido a partir dos boletos com vencimento de 20 de junho. No caso dos caminhoneiros que são MEI, cuja contribuição ao INSS é maior, o recolhimento previdenciário passará de R$ 156,24 para R$ 158,40.

Fonte: Bahia.ba

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo