Últimas Notícias

Cientista baiana é convidada a integrar grupo global de apoio ao combate à Covid-19

Após sequenciar os primeiros genomas do novo coronavírus na América Latina , a cientista baiana Jaqueline Goes de Jesus foi chamada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para participar do grupo de pesquisadores da ação global #TeamHalo.

A campanha envolve profissionais de vários países do mundo e de respeitadas instituições, como a Universidade de São Paulo (USP), Harvard, Imperial College London e Wits University, que estão em busca da vacina para pôr fim à pandemia.

A iniciativa revela o cotidiano dos cientistas, chamados de “guias”, que trabalham com pesquisas sobre a Covid-19. De forma voluntária, eles contam suas histórias e postam vídeos que destacam a seriedade e o empenho de todos em conter a pandemia, além de responder perguntas do público e esclarecer sobre boatos e informações incorretas.

Os cientistas desejam enfatizar a natureza global do trabalho e reconhecer a contribuição de milhares de pessoas ao redor do mundo para conter a pandemia.

“Trazer informações para a população sobre o que temos feito em uma linguagem mais simples é uma forma de devolver à sociedade todo o investimento que tem sido feito ao longo dos anos. Eu criei um perfil no TikTok para começar a produzir conteúdos para o projeto e estou gostando bastante. Estou aprendendo a usar a ferramenta e descobrindo um mundo de possibilidades criativas”, afirma Jaqueline.

Atualmente, o Brasil possui mais três guias, além de Jaqueline: os pesquisadores Natalia Pasternak, Gustavo Cabral de Miranda e Rômulo Neris. Novos nomes serão anunciados em breve.

Natalia Pasternak atua como pesquisadora visitante do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, no Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas (LDV), e diretora-presidente do Instituto Questão de Ciência.

Gustavo de Miranda lidera a pesquisa de desenvolvimento de vacinas contra o novo coronavírus, assim como vacinas para chikungunya e zika vírus, no Departamento de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP.

Enquanto isso, Rômulo Neris tem como foco de sua pesquisa de doutorado na Universidade Federal do Rio de Janeiro a forma como o sistema imune reage ao novo coronavírus.

Melissa Fleming, sub-secretária-geral de Comunicação Global da ONU, conta que a desinformação minou a confiança do público nas vacinas. “A #EquipeHalo pretende recuperar essa confiança. São pessoas incríveis fazendo a ciência ser parte de uma colaboração global. Devemos comemorar o fato destes profissionais nos ajudarem a colocar um fim nesta terrível pandemia”, declara.

A ação ainda conta com o apoio do Verificado, outra iniciativa global da ONU, Vaccine Confidence Project e GAVI – Aliança das Vacinas.

Para cima