Bahia é selecionada para representar estados do Nordeste em evento nacional sobre vírus respiratórios

Bahia é selecionada para representar estados do Nordeste em evento nacional sobre vírus respiratórios

O Ministério da Saúde promoverá entre os dias 16 e 18 de maio, em Brasília, um encontro com especialistas para discutir ações de prevenção e controle contra a Covid-19, influenza e outros vírus respiratórios, após a revogação da Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN). Técnicos da vigilância epidemiológica da Bahia foram selecionados para representar o Nordeste em virtude da excelência operacional no que tange aos fluxos, indicadores e padrões de monitoramento ao longo da pandemia.

De acordo com a diretora da vigilância epidemiológica, Márcia São Pedro, “a alta sensibilidade da vigilância para as doenças respiratórias e outras patologias estão associadas a ampliação das unidades sentinelas e a frequente capacitação e treinamento dos técnicos”, avalia a diretora.

O processamento laboratorial das amostras de forma célere é outro elemento que contribui para que os gestores adotem medidas de investigação e contenção sanitária. Reconhecido como a 3ª maior unidade de vigilância laboratorial do país e classificado na categoria máxima de qualidade pelo Ministério da Saúde, o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) recebeu mais de R$ 20 milhões em investimentos nos últimos anos para reforma, ampliação e aquisição de novos equipamentos.

Dentre os técnicos da vigilância epidemiológica da Bahia, o Ministério da Saúde requereu a presença da sanitarista Aline Anne Ferreira de Deus como especialista ad hoc para colaborar com as discussões sobre os vírus respiratórios.

Fonte: SESAB

Artigos relacionados