AL-BA aprova projeto que cria monitoria estudantil na rede estadual de ensino

AL-BA aprova projeto que cria monitoria estudantil na rede estadual de ensino

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou, nesta quinta-feira (11), três projetos de autoria do Executivo, entre eles o Programa Mais Estudo, que visa garantir bolsa de monitoria no valor de R$ 100 para estudantes com melhor desempenho em disciplinas como Língua Portuguesa e Matemática. Eles vão atuar como monitores, auxiliando outros colegas no processo de aquisição do conhecimento. A proposta teve como relatora a deputada Olívia Santana (PCdoB). A sessão ocorreu no modelo virtual.
“Tenho orgulho de ter sido relatora desse projeto, que ajuda nas necessidades educacionais e sociais dos nossos estudantes. Em tempos de pandemia, com a crise do desemprego, qualquer recurso que entre para as famílias é um alento. A bolsa de 100 reais, através da valorização do desempenho dos estudantes na escola, é um estímulo para a qualificação. Foi uma decisão acertada junto ao Governo do Estado, para criar um incentivo à participação dos estudantes em ações de orientação e reforço da aprendizagem”, disse a parlamentar.

A iniciativa é voltada para o Ensino Médio, a Educação Profissional e o 8º e 9º anos do Ensino Fundamental da rede pública. Serão selecionados dois monitores por turma, com base nos resultados escolares obtidos no ano ou trimestre anterior ao início da seleção.

OUTRAS APROVAÇÕES

Em sessão comandada pelo presidente Adolfo Menezes (PSD) também foram aprovadas as iniciativas que autoriza o Executivo a alienar o prédio do Palácio dos Esportes, situado na Praça Castro Alves, em Salvador, com destinação à implantação de empreendimento turístico, e altera a Lei 9.433/2005, a qual dispõe sobre as licitações e contratos administrativos pertinentes a obras, serviços, compras, alienações e locações.

Fonte: Bahia Noticia

Artigos relacionados